Raios, ventania e deslizamentos; veja os efeitos do ciclone no Litoral de SC

894

Brusque e Itajaí foram as cidades mais afetadas com a chuva das últimas horas e estão em estado de atenção

A chuva das últimas horas causada por um ciclone em Santa Catarina resultou em estragos no Litoral Norte e Vale do Itajaí e deixou diversas cidades em estado de atenção por conta dos riscos de ocorrências como deslizamentos de terra, enchentes e vento forte.

Brusque foi a cidade mais afetada da região, nas últimas 24 horas choveu mais de 44 milímetros e com o acumulado dos dois últimos dias a chuva já supera os 53 milímetros, porém, de acordo com a Defesa Civil, os rios que passam pela cidade estão com os níveis dentro da normalidade.

Em Itajaí choveu mais de 55 milímetros em pouco mais de 2 horas com fortes rajadas de vento que passaram dos 48 km por hora. A frente fria e o tempo instável se mantém com possibilidades de temporal a qualquer momento e rajadas de vento que pode chegar a 65 km/h. A Defesa Civil não descarta a possibilidade de alagamentos e deslizamentos de terra.

Por enquanto nenhuma ocorrência foi registrada em Itajaí e a maré está alta com 1,20 metros. Um vídeo impressionante registrado do alto do Morro da Cruz, mostra o momento que um raio atinge um prédio no Centro da cidade.

As imagens foram registradas na tarde desta quinta-feira (27). Moradores também registraram alagamentos causados pela chuva. O bairro Espinheiros ficou com as ruas cheias no entorno do Hotel Estação 101.

Em Balneário Camboriú a principal observação da Defesa Civil é a atenção para a previsão de temporais com descargas elétricas e rajadas de vento, além da possibilidade de chuva com granizo nas próximas horas. Em Navegantes a principal reclamação veio dos usuários do Ferry Boat, que precisaram enfrentar além da chuva, partes alagadas e ausência de distanciamento social na balsa.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/lagunainfoco

Fonte: NDMais

Comments

comments