Número de internações volta a subir em Tubarão

765
Coronavirus virus outbreak and coronaviruses influenza background as dangerous flu strain cases as a pandemic medical health risk concept with disease cells as a 3D render

O número de internações hospitalares em Tubarão, de pacientes com suspeita ou confirmados de covid-19, começa a registrar crescimento.

A queda registrada na primeira semana de outubro, quando os dois hospitais de Tubarão chegaram ao número de 22 internações, entre UTI e enfermaria, começou a mudar e os números passaram a subir novamente na segunda semana do mês, chegando a 45 ontem – sendo 13 de moradores de Tubarão. A maior quantidade de pacientes internados em outubro foi no dia 1º, com 49 casos nos hospitais. Dali em diante, até o dia 9, os números começaram a cair, voltando a subir no dia 13.

Ontem, dos 45 pacientes internados em Tubarão, 31 estavam em enfermaria e 14 nas UTIs. O número de óbitos desde o início da pandemia em Tubarão chegou a 95 ontem e 213 na Amurel.

De acordo com o diretor-presidente da Fundação Municipal de Saúde de Tubarão, Daisson Trevisol, os números estavam numa tendência de queda até duas ou três semanas atrás e agora já está numa tendência de subida. “Isso não significa que seja  a subida já, mas a tendência é de aumento, em virtude de tudo o que tem acontecido, com as liberações e aglomerações, na praia e na serra, por exemplo, e isso nos preocupa”, comenta.

“Não significa ainda que vai aumentar consideravelmente, mas já há outras cidades do Estado preocupadas também. Nós estamos de olho. Hoje teremos uma reunião do comitê de crise para verificar os dados”, conta.

Daisson ainda diz que os atendimentos também aumentaram nos últimos dias, “provavelmente em virtude do último feriado do dia 12. Nos hospitais também os atendimentos aumentaram um pouco. Nós ainda temos um número de óbitos considerável, que ainda é referente há dois ou três meses e que não tem cessado”, diz.


Preocupação

“Ainda estamos num momento delicado e precisamos ter bastante cuidado, para não ter que tomar alguma atitude logo. Estamos todos, eu, a gestão municipal e o comitê de crise, bastante preocupados. Se esta situação piorar, vamor ter que tomar algumas atitudes mais severas”, pontua o diretor-presidente da FMS de Tubarão, Daisson Trevisol. Até ontem, 18.145 pacientes já haviam sido diagnosticados com covid-19 na Amurel desde o início da pandemia. Foram 188 casos a mais do que no dia anterior. Destes, 17.327 pessoas já estão curadas.

Diário do Sul

Comments

comments