Diretor responsável pelo Enem morre em decorrência da Covid-19

333

General Carlos Roberto Pinto de Souza era o chefe de Avaliação da Educação Básica do Inep

O diretor de Avaliação da Educação Básica do Inep, general Carlos Roberto Pinto de Souza, morreu nesta segunda-feira em decorrência de complicações da Covid-19. A causa da morte foi revelada pelo jornal Folha de S.Paulo. De acordo com o veículo, o general morreu em Curitiba (PR), onde se tratava da doença desde dezembro.

Carlos Roberto Pinto era responsável pela elaboração do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcado para os dias 17 e 24 deste mês. “A presidência do Inep, em nome de todos os seus colaboradores, agradece o trabalho desempenhado com dedicação, entusiasmo, responsabilidade e senso ético pelo diretor Carlos Roberto. Seu nome estará registrado na história do Inep”, diz nota divulgada pelo Inep nesta segunda-feira. No texto, a assessoria não informa a razão da morte.

A realização das provas do Enem vem sendo alvo de críticas por ocorrer em meio a um crescimento de infecções da Covid-19 no Brasil. No entanto, o Inep vem salientando que existem condições seguras para os exames e garantiu que irá tomar medidas de prevenção.

Por outro lado, no entendimento da Defensoria Pública da União e do Ministério Público Federal (MPF), “não há maneira segura para a realização de um exame com quase seis milhões de estudantes neste momento, durante o novo pico de casos da covid-19”. O documento, que pede tutela de urgência para o adiamento das provas, foi encaminhado à 12.ª Vara Cível da Subseção Judiciária de São Paulo.

Comments

comments