Urussanga: Laudo aponta que morte de taxista foi por asfixia

219

João Belluco foi encontrado na tarde de sábado (18). Estava com as mãos amarradas e um capuz cobrindo o rosto.

O laudo da perícia indicou que o taxista de Urussanga João Bellucco morreu por asfixia causa por enforcamento provocado por terceiros. De acordo com IGP, a morte aconteceu na noite de terça-feira (14).

O corpo de João foi encontrado na tarde de sábado (18), no bairro São Pedro em Urussanga. Ele foi encontrado por populares, estava com as mãos amarradas para trás e um capuz cobrindo o rosto.

O taxista foi visto pela última vez na terça-feira (14) à tarde, por volta das 13h20. Ele se despediu da esposa antes de fazer uma corrida e não voltou para casa.

João Belluco trabalhava como taxista em Urussanga há 10 anos. O corpo de João foi sepultado no cemitério local.

Comments

comments