segunda-feira, dezembro 10, 2018
Home Notícias Psicologia Se você Tiver alguns desses 7 hábitos, vá procurar tratamento psicológico

Se você Tiver alguns desses 7 hábitos, vá procurar tratamento psicológico

6118

A depressão afeta 4,4% de toda a população mundial. Segundo dados da OMS, só no Brasil são exatamente 5,8% de pessoas que sofrem com essa doença. Esse número nos coloca como o país com maior incidência de depressão na América Latina. Depressão é uma condição médica e por mais que muitas pessoas acreditem que ela seja “algo da cabeça da pessoa”, é necessário tratamento especializado. Deve-se ter em mente que a depressão se distingue da tristeza. Segundo Ricardo Moreno, Psiquiatra e diretor do Grupo de Estudo de Doenças Afetivas do Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo: “Humor depressivo por mais de duas semanas, incapacidade de sentir qualquer prazer, tendência a sobrevalorizar eventos negativos são alguns dos sinais emocionais. Também há sintomas físicos, como problemas de sono, falta de apetite e dores difusas“.

A depressão altera os níveis de certos neurotransmissores que regulam o humor e outras funcionalidade do corpo. Dentro desses estão a serotonina, noradrenalina e dopamina. Muitas vezes essas alterações necessitam de intervenção especializada. Isso pode causar também irregularidades em níveis hormonais de uma pessoa. É necessário que seja esclarecido isso, pois muitas vezes levamos essa condição como algo trivial. Hoje a Fatos Desconhecidos traz para você uma reflexão, então se você tiver alguns desses 7 hábitos, procure tratamento psicológico.

1 – Você finge estar tudo bem

É uma pessoa com depressão “escondida”, muitas vezes para mascarar seus sentimentos, costuma agir de forma mais animada que o normal ou mais “para cima”. Muitas pessoas que sofrem desse mal não querem sobrecarregar os outros ou deixa-los preocupados.

Não é atoa que tem aquela famosa frase: “Nossa, mas ele parecia uma pessoa tão alegre.” Às vezes essa alegria aparente é só uma forma de não “incomodar” os outros. O melhor a se fazer é procurar ajuda. Você não está sozinho.

2 – Perda de interesse nas coisas que gostam

Há certas coisas que simplesmente amamos fazer. Seja caminhar, conversar ou tocar violão, por exemplo. Pessoas com depressão muitas vezes simplesmente perdem o interesse por suas paixões. Isso se deve a condição da doença. A pessoa costuma parar de ver um “porquê” daquilo.

3 – Conflitos existenciais em excesso

Quando a pessoa convive com o mal da depressão, essas costumam pensar muito sobre a vida e a morte. Alguém que desenvolveu essa doença observa o mundo de uma maneira diferente. Ela vê pelos olhos da depressão o que torna essa condição muito perigosa, porém tratável.

Não são todas as pessoas que estão deprimidas que necessariamente levam consigo pensamentos suicidas ou vontades de causar dano em si mesmas. Claro, se você suspeita que esses pensamentos passam na sua cabeça ou na de algum amigo, busque ajuda imediatamente.

4 – São artisticamente expressivos

Pessoas com essa condição acabam tendo uma aproximação maior com suas próprias emoções, daí veio esse esteriótipo que todo artista brilhante é um pouco depressivo. A arte é uma forma de expressão e a depressão não faz um bom artista… Na verdade, já levou vários desse mundo.

5 – Hábitos alimentares diferentes

Os hábitos alimentares de uma pessoa com depressão tendem a ser diferentes. Eles normalmente seguem um desses dois caminho: ou eles comem muito pouco ou comem demais para lidar com a condição.

O primeiro grupo de pessoas perdem o apetite e o interesse em coisas que faziam elas felizes antes. O segundo grupo, usando do prazer que a comida pode trazer, comem bem mais do que costumavam. Ambos os grupos passam por mudanças nos hábitos alimentares.

6 – Sono irregular

Outro sinal da depressão pode ser dormir demais ou dormir menos. A hipersonia é um forma da pessoa “escapar” temporariamente dos problemas. Elas costumam se “cansar” com maior facilidade. O oposto também pode acontecer. A pessoa pode ficar uma noite inteira indo para lá e para cá na cama, acordada e inquieta por conta da ansiedade.

7 – Eles sabem disfarçar

Eu estou bem, só estou muito cansado hoje. Tive que resolver “alguns problemas” ontem… Não se preocupe.” Pessoas com depressão normalmente terão histórias convincentes para justificar um machucado que surgiu do nada ou pular o horário do almoço por exemplo.

Elas não querem se sentir um fardo para os outros, logo essas terão boas justificativas para evitar diversas situações.  Existe um estigma sobre depressão e outros males mentais. Se você tem ou suspeita que tem depressão, saiba que essa doença tem sim tratamento. Você não precisa lidar com isso sozinho. Se você se identificou nesses tópicos acima, busque ajude de um profissional. Não precisa ter vergonha ou medo, pois o primeiro passo para melhorar é buscando ajuda.

E aí, o que você achou dessa matéria? Deixe seu comentário e até a próxima.

Fonte: fatosdesconhecidos

Comments

comments