Polícia apreende 4 toneladas de peixe

475
Créditos: Polícia Militar Ambiental de Laguna/DS

A Polícia Militar Ambiental de Laguna apreendeu na tarde de ontem cerca de quatro toneladas de peixes capturados de forma irregular, grande parte deles de espécies em extinção.

A apreensão aconteceu após denúncias de transbordo de pescado ilegal. Segundo o capitão Fernando Magoga Conde, a multa ao mestre da embarcação pode ultrapassar os R$ 10 milhões.

“Os peixes apreendidos estão na lista de ameaçados de extinção, o que já torna a multa alta. Como o proprietário teria lucro em cima dessas espécies, essa multa dobra de valor. O dono desses peixes é pescador profissional, é diferente de quando pegamos um pescador amador, e as multas são menores”, explica o capitão.

Ainda de acordo com Magoga, entre as espécies encontradas durante a abordagem policial estavam a garoupa-verdadeira, cação-anjo, cherne, raia-viola e o bagre-branco. O proprietário irá responder criminalmente e administrativamente.

Ainda na segunda-feira, dois homens também foram multados pela Polícia Ambiental de Laguna após serem flagrados com peixes capturados de forma irregular, em Itapirubá.

De acordo com a guarnição, um dos homens abordado transportava quase 90 quilos de garoupa e 11 quilos de anchova. Ele disse que tinha comprado os animais de outro pescador, e não apresentou nota fiscal da aquisição.

O outro pescador não apresentou licença referente à embarcação, além de ter retirado do mar peixes fora das medidas previstas em legislação. Além da multa, de quase R$ 200 mil, o barco e as redes de pesca foram apreendidos pelos agentes. Os pescados recolhidos durante as operações de ontem e de segunda-feira serão doados para entidades de Laguna.

Comments

comments