Paciente de Pescaria Brava, de 44 anos, recebe alta no HNSC, em Tubarão, após um mês na UTI

394

É preciso saber viver!”. Foi cantando essa música que a equipe médica esperou a saída de Vanilda. Mais uma vitória! Mais um caso emocionante! E a sensação de que tudo pode recomeçar… Algo imensurável, que não tem preço!

Mais uma vitória! Mais um caso emocionante! E a sensação de que tudo pode recomeçar. Somente quem passa por essa situação (e seus familiares) que tem provocado muitas mortes no mundo, e quem sente os sintomas provocados por uma nova doença cercada de mistérios, sabe o valor de tudo isso. Aliás, isso não tem preço, é algo imensurável.

Vanilda Leandro Firmiano, 44 anos, de Pescaria Brava, é a segunda paciente que precisou de internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Tubarão, a estar curada da Covid-19. Ela chegou à instituição no dia 21 de março.

Seis dias depois foi transferida para a UTI, onde precisou de ventilação mecânica. Essa história terminou com uma grande vitória no último dia 29, quando Vanilda foi liberada da UTI.

A alegria contagiou toda a equipe de saúde do HNSC, que fez questão de esperar sua saída para se despedir com muitos aplausos e cantando “É preciso saber viver!”. O marido de Vanilda, Marcos Aurélio, participou da homenagem.

“Foi um mês duro. Durante a internação na UTI, teve semanas em que as notícias eram ruins, cheguei a pensar que ela não conseguiria, mas os últimos boletins nos animaram muito. Vê-la saindo assim não tem preço”, afirma Marcos. Vanilda ainda ficará alguns dias em recuperação na enfermaria do hospital.

Números da Covid-19 em Tubarão

Os últimos números da Covid-19 em Tubarão foram divulgados na sexta-feira (1). Existem 1.445 casos notificados à Vigilância Epidemiológica, com 57 pacientes classificados como casos suspeitos que aguardam os resultados dos exames. Casos confirmados, Tubarão possui até o momento 78 registros, somando-se aí os realizados pelo Laboratório Central de Santa Catarina (Lacen) e os testes rápidos em redes privada e pública. O Lacen ainda testou negativo para 194 exames, enquanto outros 251 foram negativados por testes rápidos.

Por sua vez, existem 206 pacientes em sistema de monitoramento pelo Centro de Operações de Emergências Municipais em Saúde, o COEMS.

Nos hospitais, existem 13 pacientes internados – oito em enfermaria. Cinco encontram-se no aguardo dos resultados dos exames, sendo dois de Tubarão, um de Gravatal, um de Imbituba e um de Capivari de Baixo, e um último na ala pediátrica, de Tubarão, também à espera dos exames – e cinco nas UTIs, sendo três casos confirmados – um de Gravatal, um de Jaguaruna e um de Imbituba – e dois no aguardo dos exames, ambos de Imbituba.

Fonte: Notisul

Comments

comments