O segredo

16752

“Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação.
Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez;
tudo posso naquele que me fortalece” Fp 4.11-13

Quantas vezes ouvimos este versículo? ”Tudo posso naquele me fortalece…”, relacionado a tantas e diferentes situações? Seria este, de fato, uma espécie de versículo “autoaplicável”?

Muitas pessoas fazem as coisas do seu jeito, sem buscar o conselho de Deus. Então chegam as consequências do pecado, do erro, e aí…”tudo posso naquele que me fortalece”.

Você já presenciou isso? Já viveu isto?

Eu vejo quantos cristãos sofrem de um certo “analfabetismo” bíblico. É evidente o quanto as igrejas tem trocado o ensino bíblico consistente pelo pragmatismo em busca da modernidade. Para muitos, é mais importante ser relevante do que ser bíblico (quando a real relevância está no fato de sermos bíblicos). Enfim… a falta de contextualizar o texto bíblico se torna terreno fértil para as heresias. Por isso, é tão importante lermos o todo antes de tirar uma conclusão de um texto.


Antes de sua conversão, Paulo era exímio seguidor da Lei e tradições judaicas, tinha uma posição social de destaque, gozava de prestígio junto ao seu povo. Então veio a conversão no caminho de Damasco, e seu encontro com Jesus.

E ali, sua vida é impactada pela revelação do Mestre.


Paulo deixa tudo o que tinha para trás. Dinheiro, posição social, influência…todo o conforto proporcionado por sua vida anterior é deixado para ganhar “a Cristo”. Tudo vira lixo para ele.


E ele passa a aprender – pois isso é algo que se aprende, não se nasce com isso – a viver uma nova situação. De necessidade, fome, nudez, solidão…o oposto do que o então jovem Saulo estava acostumado.

E ele aprende.


Aprende a padecer por amor a Cristo…a amar e sentir-se honrado por sofrer pelo Evangelho.


Ele aprendeu…através de viagens, açoites, prisões, traição…ele aprendeu.

Só então, depois de tudo, ele exclama: “…tudo posso naquele que me fortalece”


Só depois!


E quantas vezes granjeamos este texto, ante a falhas nossas, e situações totalmente desvirtuadas do texto bíblico? Aprendemos mesmo a estarmos “ contentes” ante à situações adversas que muitas vezes se apresentam a nós, seja por culpa nossa ou não?

Eis aí o segredo: o contentamento em quaisquer condição. Fartura ou fome, abrigo ou nudez, comunhão ou desamparo. Em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio de Cristo Jesus…se tivermos aprendido a “poder todas as coisas naquele que nos fortalece”….

Você já aprendeu?

avatar

Daniel De Luca

Daniel De Luca é farmacêutico por vocação. Nas horas vagas fala sobre teologia no canal “Quinze de Teologia” (YouTube). Apaixonado por Star Wars, autor do livro “De Hoje em Diante” (disponível no site da Amazon), define a si mesmo como “simplesmente cristão”.

Comments

comments