Home Notícias Segurança Na BR-282: Mulher morre ao ser ferida por linha com cerol

Na BR-282: Mulher morre ao ser ferida por linha com cerol

1752

A publicitária pilotava uma motocicleta quando foi atingida. Conforme a PRF, é comum denúncias de linhas de pipas na via. Uma lei estadual proíbe a utilização em SC de pipas ou similares com instrumentos cortantes

A publicitária Josiane Marques, 34 anos, morreu após ser atingida no pescoço por uma linha com cerol na manhã de sábado (20) na BR-282 em São José, na Grande Florianópolis. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima estava em uma Honda, placas de Biguaçu, quando foi atingida às 12h20min.

Josiane Marques chegou a ser auxiliada por outros motoristas e atendida por socorristas, mas não resistiu aos ferimentos. Ainda segundo depoimentos à polícia, a vítima estava na Via Expressa voltando para casa quando foi ferida. Até este domingo (21), o responsável pela linha com cerol não havia sido identificado.

O caso foi registrado na 4ª Delegacia de Polícia Civil de Florianópolis e deve ser investigado em uma unidade policial em São José. Conforme a unidade de PRF de Biguaçu, é comum denúncias de linhas de pipas na via.

Josiane foi velada em Barreiros, em São José, e cremada neste domingo no Cemitério Jardim da Paz, no bairro João Paulo, em Florianópolis. Amigos deixaram mensagens de despedida no perfil dela no Facebook e lamentaram a morte inesperada e trágica.

A Lei

A Lei Estadual 11.698, de 2001, proíbe a utilização em Santa Catarina de pipas ou similares equipadas com instrumentos cortantes e com linhas preparadas à base de produtos cortante. O Código Penal também qualifica o uso de cerol como crime passível de prisão, já que o porte da sustância pode colocar a vida de outras pessoas em risco. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Foto acidente: PRF/Divulgação
Fonte: Fonte: G1 Santa Catarina/Dn+

Comments

comments