Home Bem Estar Fitness Musa de Imbituba: Karine Maromba, a mulher forte do fitness e do...

Musa de Imbituba: Karine Maromba, a mulher forte do fitness e do MMA

1811

Uma das pioneiras no mundo até então masculino das lutas, a empresária imbitubense foi a primeira mulher a realizar eventos de MMA no Brasil, e a segunda no mundo. Karine produziu o primeiro em Imbituba e uma série de outros na cidade com lutas internacionais e disputa de três cinturões

Ela está longe de ser somente uma mulher inteligente, multitalentosa, respeitada e competente. Como se todos estes atributos não bastassem, a imbitubense Karine Rodrigues de Carvalho Candido ou, simplesmente, ‘Karine Maromba’, como é nacionalmente conhecida, aos 36 anos esbanja saúde, beleza, um corpo escultural e a maturidade que as muitas experiências de uma vida dedicada ao esporte, ao social e à saúde lhe conferiu.

E é por todos estes predicados, somados a muita simpatia, desenvoltura e compromisso com os menos favorecidos, evidenciado em seus projetos sociais, que a empresária e educadora física, pós-graduada em fisiculturismo, foi aclamada a Musa de Imbituba 2019. Com o título, a bela irá representara cidade no concurso Musa de Santa Catarina, em fevereiro de 2020.

Com mais este desafio, nos últimos dias a já agitada rotina da administradora da conceituada Academia Maromba, que no próximo dia 19 completa 15 anos de fundação no Bairro Nova Brasília, acelerou ainda mais. Além dos trabalhos como personal trainer, a especialista em antropometria, e ex-produtora de eventos de MMA e praticante da modalidade vem representando muito bem a cidade do coração, realizando diversas atividades que contarão pontos para o concurso estadual.

Alguns dos “novos” compromissos já são familiares à Musa, caso do exercício da filantropia. Nesta quinta-feira, Karine e a Musa de Garopaba, a amiga Maitê Pacheco, fizeram a alegria dos hóspedes e voluntários da Casa de Repouso Imaculada Conceição. As belas doaram dezenas de quilos de alimentos arrecadados em parceria, conversaram, cantaram e passaram a ser novas voluntárias da casa na arrecadação de alimentos e roupas para os idosos, que adoraram a visita.

“Elas são muito lindas, animadas e queridas. Não esperava passar uma tarde tão legal com estas gatonas! Espero que voltem sempre”, pediu a hóspede Elza Tavares.

Vale lembrar que em 2005, Karine manteve, em seu bairro, um projeto de atividades físicas, gratuitamente, voltado para idosos por quase três anos. Mais tarde, ela ensinou artes marciais sem custos a jovens, revelando vários lutadores como André de Jesus, o Bugre, primeiro lutador de MMA de Imbituba. À época, antes de entrar para o projeto da Academia Maromba, Bugre vivia uma vida de dificuldades financeiras, errante, e hoje é faixa preta de jiu jitsu e está muito bem, residindo na Nova Zelândia.

“Devo o que sou hoje à Karine e ao seu esposo Patrick e até aos pais deles. Foram eles que me resgataram, me abriram as portas para o esporte, para o MMA. Me convidaram para treinar sem nunca me cobrar um centavo. Se hoje sou um lutador e um homem realizado, eles têm muita participação nisso”, reconhece Bugre.

Fazendo jus ao pseudônimo Maromba, que segundo dicionário significa habilidade para gingar, driblar situações difíceis e também se refere à vara que dá o equilíbrio na corda bamba, Karine, que é mãe da jovem Juana Carvalho Cândido, coleciona grandes feitos em sua trajetória de mais de 15 anos no mundo fitness e nos esportes de contato.

Uma das pioneiras no mundo até então masculino das lutas no país, a empresária imbitubense foi a primeira mulher a realizar eventos de MMA regulamentado no Brasil, e a segunda no mundo. Karine produziu o primeiro evento de MMA em Imbituba e depois uma série de outros na cidade com lutas internacionais e disputa de três cinturões, alguns deles inclusive transmitidos para todo o planeta pela canal Combate, da GloboSat, e em 2008 e 2009 participou da organização do Floripa fight.

Comments

comments