Home Notícias Geral Médica rasga receita após paciente idoso dizer que votou em Haddad

Médica rasga receita após paciente idoso dizer que votou em Haddad

317

O caso foi confirmado pela própria médica, que foi afastada, e declarou estar arrependida da atitude

Após a consulta, um paciente de 72 anos teve a receita rasgada pela médica que o atendia. O ato aconteceu após o idoso responder que votou no candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT). Caso aconteceu na última segunda-feira, 8, um dia após o primeiro turno das eleições. O caso foi confirmado pela médica, a infectologista Tereza Dantas, que declarou estar arrependida da atitude. As informações são do portal G1.

 O caso aconteceu em um hospital público de Natal, no Rio Grande do Norte. Em entrevista ao portal, a médica confirma que rasgou a receita porque o idoso não havia votado no seu candidato e reconhece o erro. Ela diz, ainda, que quer pedir desculpas, mas não conseguiu entrar em contato com ele. 

O aposentado José Alves de Menezes disse ter se sentido constrangido com toda a situação. Ele afirmou que vai com frequência ao hospital pegar a receita do remédio que toma diariamente e já conhecia a médica. Com o papel em mãos, Tereza perguntou em quem ele havia votado. Ao responder que foi no Haddad, a médica imediatamente rasgou o papel. “Pois então eu não dou mais a receita”, disse. 

 Após o ocorrido,o homem conseguiu a receita com outro médico. Ele também registrou queixa na ouvidoria da unidade e fez um boletim de ocorrência na Polícia Civil.

Por meio de nota ao portal G1, a Secretaria da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) informou que esta não é uma conduta adotada pelo hospital, muito menos a orientação do órgão. A médica foi afastada. 

Comments

comments