Dois morrem ao cair em tanque

Dois jovens faleceram na manhã de ontem, em Laguna, vítimas de um acidente de trabalho. Bruno Rosa Santana e outro trabalhador não resistiram após caírem em um tanque de uma empresa de farinha e óleo de peixe situada no bairro Caputera. Eles realizavam a limpeza do espaço.

Um terceiro trabalhador foi resgatado com vida, reanimado e encaminhado ao hospital. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Laguna, o primeiro chamado de resgate foi por volta das 11h35. Ao chegarem ao local, se depararam com um dos trabalhadores submerso até o tórax e desacordado. Com auxílio de um cabo e uma retroescavadeira, ele foi içado até a superfície.

“Ele apresentava uma parada cardiorrespiratória e foi reanimado. Em seguida, encaminhado ao hospital de Laguna. Posteriormente, foi transferido para o Hospital Nossa Senhora da Conceição de Tubarão”, informa o sargento Roberto Bonelli. O estado de saúde do sobrevivente não foi informado.

No acidente, segundo os bombeiros, os três homens realizavam a limpeza do fosso (onde eram depositados os resíduos de peixe). “O fosso é uma caixa com diâmetro pequeno e uma profundidade de cinco metros. Ele estava com 1,5 metro de resíduo quando eles caíram”, explica o sargento Bonelli.

O local, segundo os bombeiros, continha restos de pescados. É um espaço confinado com gases como metano, oriundos da decomposição de material orgânico.

A reportagem do Diário do Sul entrou em contato com a empresa onde aconteceu o acidente, porém as ligações não foram atendidas.


Resgate durou quase quatro horas

Por se tratar de um espaço com pouco oxigênio, os bombeiros acreditam que os trabalhadores acabaram desmaiando. “Com isso, acabaram caindo dentro do tanque, um após o outro. O terceiro sobreviveu porque ficou com o tórax para fora”, informa o sargento.

Ainda segundo os bombeiros, devido à baixa concentração de oxigênio os homens perderam a consciência e afundaram nos restos de pescados. As guarnições do Corpo de Bombeiros Militar de Laguna conseguiram resgatar um deles, efetuar a reanimação e deixá-lo aos cuidados médicos no hospital de Laguna.

Com a retirada do sobrevivente, e já confirmados os dois óbitos, cerca de dez bombeiros iniciaram a retirada dos corpos. “Era um espaço bastante liso, por conta do óleo dos peixes, e também sem oxigênio. Foram horas de trabalho para conseguir a retirada e resguardar a vida de quem estava no serviço”, diz o sargento.

Após a retirada dos cadáveres, estes foram recolhidos pelo Instituto Médico-Legal (IML) de Tubarão.

Fonte: DS

  • 0

Cão é baleado e polícia busca autor dos disparos

A Polícia Militar de Braço do Norte procura pelo responsável por efetuar disparo de arma de fogo contra um cão. Na tarde de ontem, a guarnição do PPT foi acionada para atender a uma ocorrência de disparo de arma de fogo no bairro Trevo, em Braço do Norte. Chegando ao local, os policiais se depararam com um cão baleado.

A guarnição conduziu o cachorro a uma assistência veterinária, que prestou os primeiros socorros e realizou cirurgia para a retirada do projétil do animal. A Polícia Militar está mobilizada com o caso e busca encontrar o responsável pelo disparo. Quem tiver informações pode ligar e fazer denúncia anônima através do telefone 190.

DS

Movimentos pró-Lula: tubaronenses estão em Curitiba

Enquanto o ex-presidente Lula prestava depoimento em Curitiba ontem, vários manifestantes estavam na cidade, seja como forma de apoio ao político ou para protestar contra todos os atos realizados no Brasil pelo atual governo federal.

De Tubarão, dois ônibus saíram rumo a Curitiba. Pessoas de outros Estados também se fizeram presentes na capital paranaense. A professora aposentada Vera de Quadros Soares Reis e o advogado Dalton João de Menezes Reis, ambos de Capivari de Baixo, foram para Curitiba para acompanhar toda a movimentação.

“Está cheio de gente. Há movimentos organizados da sociedade, não só os favoráveis a Lula, mas muitos contra as reformas da Previdência e trabalhista e contra o governo Temer. Há o Movimento dos Sem Terra e até apresentações de rap, com temas relacionados à corrupção e contra tudo o que está acontecendo no país”, conta Vera.

Durante todo o dia, os manifestantes não puderam andar pelas ruas da cidade, que foram bloqueadas em vários locais. “Estamos numa praça, pois está tudo bloqueado perto do prédio em que Lula presta depoimento. Há helicópteros sobrevoando, policiamento ostensivo, e o local onde Lula está ficou todo cercado”, ressalta.

Segundo ela, é o povo brasileiro que está na rua. “Há pessoas de todos os lugares e idades. Há jovens e idosos, até famílias. De Florianópolis, vieram 17 ônibus. De Tubarão, foram dois. Queremos novamente a democracia e os direitos trabalhistas neste país”, reforça.

Além disso, conta a professora, o movimento nas ruas começou um dia antes do depoimento. “Na noite de terça, houve vigília e passeata do Movimento dos Sem Terra, que foi emocionante, pois estão protestando contra a reforma trabalhista. Eles estão se sobressaindo, são muito organizados. Além disso, antes de entrarem em Curitiba, foram todos revistados e tiveram que largar seus pertences. Eles estão em um acampamento perto da rodovia de acesso à cidade. Fiquei realmente emocionada com o movimento”, revela.

Para Dalton, o momento é para que a população tenha consciência política. “Que este movimento sirva para contribuir com a consciência política do povo”, acrescenta o advogado.

Lula prestou depoimento na 13ª Vara Federal em Curitiba. Ele é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ter se beneficiado com propinas da construtora OAS desviadas de três contratos da empreiteira com a Petrobras.

DS

  • 0

Operação: denúncia deve ser apresentada em Capivari

Nas próximas semanas deve ser oferecida a denúncia contra os vereadores investigados na operação Casa da Mãe Joana, deflagrada no ano passado em Capivari de Baixo. Conforme o Ministério Público, nas últimas semanas foram realizadas novas diligências para averiguar dados complementares para o processo.

A perícia do material recolhido durante a operação já foi realizada, aponta o MPSC, e o órgão está finalizando a denúncia criminal e as ações civis públicas, entre elas por improbidade administrativa.

Em janeiro, foi deferida pela Justiça a indisponibilidade de bens de seis vereadores investigados na operação – Jean Corrêa Rodrigues (PSDB), Ismael Martins (PP), Edison Cardoso Duarte (PMDB), Fernando Oliveira da Silva (PSB), Jonas Machado dos Santos (PMDB) e Arleis Flávio Nunes Ribeiro (PSDB).

A indisponibilidade foi solicitada pelo Ministério Público, através da promotoria de Capivari de Baixo, justamente porque a intenção do órgão é solicitar o ressarcimento do erário público.

A operação Casa da Mãe Joana, deflagrada em Capivari de Baixo pelo Ministério Público com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) de Santa Catarina, teve sete mandados cumpridos, e foram presos temporariamente, além de Jean, Ismael Martins, Edison Cardoso Duarte, Fernando Oliveira da Silva, Jonas Machado dos Santos, Arleis Flávio Nunes Ribeiro e Manoel da Silva Guimarães (PT), o Farinheira, que não chegou a ser levado para o presídio por colaborar com a investigação.

Segundo o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) de Santa Catarina, os vereadores são suspeitos de exigir parte dos salários de assessores que sequer cumpriam expediente na Câmara. Assim, foi constatada também a existência de funcionários fantasmas no Legislativo. Outro ponto da investigação é referente a diárias de viagens que não teriam sido realizadas.

DS

Liminar: construções no Farol são proibidas

Após ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal em Tubarão, a Justiça Federal determinou, de forma liminar, que o município de Laguna não emita novos alvarás de construção no Farol de Santa Marta até a conclusão do processo de regularização fundiária do local.

A Fundação Lagunense do Meio Ambiente também deve se abster de emitir pareceres favoráveis para novas licenças de construção, bem como para novas ligações de energia elétrica e água na localidade.

De acordo com a liminar, a Casan e a Celesc também estão impedidas de efetuar novas instalações e ligações na região.

O MPF/SC sustenta que o local é área de preservação permanente e está inserido na Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca, abrigando terrenos de marinha e sítios arqueológicos.

Para o órgão, a ocupação desordenada da localidade, muitas vezes incentivada ou tolerada pelo Poder Público, vem causando danos ao ambiente e espaços protegidos por lei, como poluição de praias e a destruição de dunas e da vegetação.

“Tais medidas evitam novas edificações ou a ampliação das já existentes, ontem, com a chancela do Poder Público, dificultando posteriores remoções ou demolições, até que se defina uma solução global para os problemas ambientais na região”, afirma o juiz federal Timóteo Rafael Piangers.

Uma audiência de conciliação deve ser marcada pela Justiça Federal para buscar um acordo entre as partes da ação civil pública. A prefeitura pode recorrer da decisão.

DS

  • 0

Tubaronense morre durante jogo

Jogador de futebol amador, o tubaronense Cléber Alano, 36 anos, conhecido pelo apelido de Índio, faleceu na tarde de sábado, durante uma partida. Índio jogava na localidade de Santa Terezinha, em Armazém.

Por volta das 16h30 ele passou mal e caiu no gramado. O tubaronense chegou a receber atendimento, o Corpo de Bombeiros tentou reanimá-lo, porém ele não resistiu.

A causa da morte, de acordo com informações preliminares, foi um infarto.
Atuava pelo União de Tubarão, onde era presidente. No ano passado foi vice-campeão do Municipal da LTF. A fatalidade de sábado aconteceu aos 36 minutos do primeiro tempo.

Índio trabalhava em uma transportadora e exercia a função de encarregado de expedição. Amigos usaram as redes sociais para lamentar a perda precoce. “Difícil acreditar que você se foi. Uma pessoa do bem, um amigo para todas as horas. Que Deus conforte sua família e todos os amigos. Descanse em paz”, disse um amigo.

Empresária vendia droga em caixas de chicletes

Uma empresária do ramo de bebidas foi presa por tráfico de drogas em Tubarão. A prisão aconteceu na noite de quinta-feira. De acordo com a polícia, a equipe de investigação estava em meio a diligências noturnas quando percebeu uma movimentação estranha próximo ao estabelecimento, que fica aberto 24 horas.

Diante da suspeita, os policiais da Divisão de Combate a Furtos e Roubos e da Central de Polícia de Tubarão fizeram a abordagem. No interior do estabelecimento comercial foram encontrados diversos tipos de droga, como maconha, cocaína e ecstasy. A proprietária, segundo a polícia, confessou que fazia o tráfico.

Ainda segundo a empresária, a venda seria para aumentar seu faturamento. Na casa da investigada, mais droga e uma balança de precisão. Os policiais constataram que ela vendia a droga dentro de caixinhas de chiclete, para não chamar a atenção de pessoas que estivessem próximas ao estabelecimento. Após os procedimentos na delegacia a mulher foi encaminhada ao Presídio Feminino de Tubarão.

DS

Gerência Regional de Saúde intensifica ações de prevenção a AIDS neste carnaval

Profissionais de saúde de todo o Estado estão mobilizados para alertar os foliões sobre a importância do uso do preservativo neste carnaval. No total, três milhões de preservativos serão distribuídos em Santa Catarina durante as festividades. Na Gerência Regional de Saúde de Criciúma, 167 mil camisinhas, entre masculinas e femininas serão distribuídas aos 12 municípios de abrangência.

De acordo com o gerente Regional de Saúde, Fernando de Fáveri, além dos preservativos, o Estado está distribuindo, ainda, 16 mil unidades de gel lubrificante, 3,7 mil testes rápidos de HIV, 1,5 mil para hepatite B, 2,7 mil para hepatite C e 625 para sífilis. “Com a chegada do Carnaval aumentam os riscos de contaminação por doenças sexualmente transmitidas as chamadas DSTs e precisamos intensificar nosso trabalho distribuindo todos estes materiais aos municípios”, comenta.

O uso da camisinha protege de 12 Infecções Sexualmente Transmissíveis – ISTs, dentre elas o HIV, a sífilis e as hepatites virais. Para aqueles que tiveram contato com o vírus recentemente por meio de uma relação sexual desprotegida, existe a Profilaxia Pós-Exposição – PEP, um tratamento com medicação que deve ser iniciado em até 72 horas após a provável exposição ao vírus.

Os jovens continuam requerendo a maior atenção da área da saúde, pois a faixa etária de 15 a 29 anos vem registrando um aumento no número de casos novos de AIDS em Santa Catarina. A taxa de detecção de casos novos de AIDS entre jovens de 15 a 19 anos saltou de 2,34 em 2007, para 20,4 casos por 100 mil habitantes em 2015. Na população de 20 a 24 anos saltou de 4,7 em 2007, para 17,5 casos por 100 mil habitantes em 2015.

Uma pesquisa encomendada pelo Ministério da Saúde – MS revela que o uso de camisinha entre pessoas de 15 a 24 anos caiu de 58,4% em 2004, para 56,6%, em 2013, entre parceiros eventuais. Entre parceiros fixos, o uso é ainda menor: 38,8% em 2004, e 34,2% em 2013.

A Secretaria de Estado da Saúde oferece uma ferramenta de busca pelo site www.aids.sc.gov.br para informar os locais que oferecem a PEP e Teste Rápido para HIV, sífilis, hepatite B e hepatite C em Santa Catarina.

Colaboração: Paula Darós Darolt / Comunicação 20ª Agência de Desenvolvimento Regional

  • 0
  • Publicado em Geral

Mais de duas toneladas de sardinhas apreendidas em operação são doadas a dez instituições

Em uma operação conjunta realizada pelo Ibama e pela Polícia Militar Ambiental foram apreendidas, nessa quarta-feira (22), aproximadamente 2,4 toneladas de sardinhas, que serão doadas a instituições de caridade atendidas por entidades e instituições sociais, beneficentes e filantrópicas da região de Laguna.

Receberam as doações dez instituições. A Fundação Irmã Vera ficou responsável por repassar os peixes para entidades assistenciais cadastradas na instituição. Receberam as doações Asilo Santa Isabel, Secretaria de Obras, Projeto Ágape Vida, Casa de Recuperação Nascer de Novo, Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos, Centro Educacional São Judas Tadeu, Associação Mão Amiga Terapia e Recuperação e Centro Terapêutico Ebenezer, de Imbituba.

A presidente da Fundação Irmã Vera, Fabiana Rodrigues de Oliveira, acompanhou a distribuição, juntamente com sua equipe, e assinou um termo de doação dos pescados apreendidos.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Domingo tem eclipse do sol visível no Sul de Santa Catarina

Pouco antes das 10 horas, já será possível observar a parcial cobertura do sol pela lua.

O domingo de Carnaval terá lugar para um fenômeno astronômico raro. A partir das 9h47min da manhã, o sul catarinense terá 53% de visibilidade de um eclipse anular do sol, com a cobertura parcial do astro pela lua.
“Quanto mais ao sul, mais visível é. Ele será praticamente total no sul da Argentina e do Chile, e na fronteira do Brasil com o Uruguai terá 60% de visibilidade”, aponta o professor Luiz Carlos da Silveira.

Por ser um eclipse do sol, cuja visualização será de cerca de uma hora, é recomendável o uso de algum dispositivo especial. “Ou um vidro de solda número 14 ou uma chapa de raio-x. Senão, a pessoa pode até sofrer danos irreversíveis na retina”, explica o especialista.

Há um segundo eclipse do gênero previsto para ser visível no Brasil, em agosto, mas este será no hemisfério norte, com visual para os estados do norte e nordeste.

Com informações do Portal Engeplus

  • 0
  • Publicado em Geral
Assinar este feed RSS
Bingo sites http://gbetting.co.uk/bingo with sign up bonuses

22°C

Laguna - Santa Catarina

Mostly Cloudy

Humidity: 74%

Wind: 28.97 km/h

  • 24 May 2017 22°C 20°C
  • 25 May 2017 21°C 20°C