Em meio à pandemia: Bolsonaro demite Mandetta, ministro da Saúde

288

Presidente e ministro tiveram divergências públicas sobre isolamento social

Brasília (DF)

Nelson Luiz Sperle Teich é o novo ministro da Saúde. Teich é oncologista e empresário do setor da saúde. Ele ocupará a vaga de Luiz Henrique Mandetta (DEM), que deixa a função por causa do desgaste na relação com o presidente Jair Bolsonaro

Entre a discordâncias de Mandetta e Bolsonaro é o isolamento da população como estratégia para conter o vírus. O ex-ministro é favorável ao chamado isolamento horizontal, que serve para todas as pessoas. Já o chefe do poder Executivo defende medidas mais leves, como o isolamento vertical, somente para as pessoas ddo grupo de risco.

A demissão do ex-ministro e ex-deputado federal vem depois de muita especulação e incômodos por parte do presidente, que já o ameaçava de desligamento do cargo desde o mês passado, quando o então ministro já seguia as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de demais técnicos da área sanitária, que recomendavam o isolamento social como medida mais efetiva de combate à propagação do vírus.

Na última semana, o chefe do poder Executivo pensou em demitir Mandetta, porém foi convencido pela ala militar do seu governo em mantê-lo. No domingo passado, Mandetta concedeu uma entrevista ao Fantástico, da TV Globo, onde criticou a postura de Bolsonaro frente ;à pandemia e pediu união no discurso.

Comments

comments