Home Notícias Esporte Em jogo cheio de reviravoltas, Peixe deixa Copa do Brasil

Em jogo cheio de reviravoltas, Peixe deixa Copa do Brasil

1445
Foto: Comunicação C.A. Tubarão

Uma noite para ficar na memória. O Tubarão foi até a Arena da Baixada, em Curitiba, enfrentar o Atlético-PR pela segunda fase da Copa do Brasil, e esteve muito perto de voltar para casa com uma classificação histórica. Numa partida cheia de reviravoltas ontem à noite, o Peixe chegou a estar à frente por duas vezes. Porém, com dois gols no fim do segundo tempo, o Furacão fez 5 a 4 e acabou eliminando o Tricolor da Vila.

Na primeira etapa, o Atlético-PR começou indo para cima e assustou o Peixe desde o primeiro minuto. Foram diversas chances de gol. Em uma das mais claras, Jonathan bateu forte de dentro da área, mas a zaga tubaronense conseguiu cortar em cima da hora.

As emoções de verdade, porém, ficaram guardadas para o segundo tempo. O Atlético-PR abriu o placar aos seis minutos. Depois de chute cruzado na área, Bergson, que entrou no lugar de Ribamar, mandou para o fundo das redes.

O Peixe não abaixou a cabeça e empatou aos 10, com Matheus Barbosa, que subiu mais alto que todo mundo para fazer o gol.

A primeira virada veio aos 18: Jean fez cruzamento perfeito e Batista cabeceou para fazer 2 a 1 Tubarão. Festa dos torcedores tricolores que foram até a Arena da Baixada.

Aos 24, novo empate. Matheus Rosseto aproveitou o rebote e marcou para o Atlético-PR, 2 a 2. De pênalti, aos 31, os donos da casa voltaram a ficar à frente, com Guilherme.

No entanto, mais uma vez o Tubarão não se deu por vencido e foi em busca do resultado. O zagueiro Lucas Costa entrou no lugar de Petterson e, em seu primeiro lance no jogo, fez de cabeça, 3 a 3.

Para quem achava que as emoções já estavam de bom tamanho e a partida se encaminharia para a decisão nos pênaltis, aos 40 minutos o Peixe conseguiu mais uma virada. Daniel Costa marcou e deixou a equipe a um passo da classificação histórica outra vez.

Mas Thiago Heleno empatou de novo aos 45 e, já nos acréscimos, Felipe Gedoz virou e deu a vitória ao Furacão por 5 a 4.

Apesar da eliminação, os jogadores do Tubarão deixaram o gramado de cabeça erguida. Na torcida, o sentimento foi de injustiça pelo que o time mostrou em campo. Agora, o elenco do Peixe volta a focar todas as atenções no Catarinense. O próximo compromisso é no domingo, às 16h, em clássico contra o Hercílio Luz.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Comments

comments