quarta-feira, junho 19, 2019
Home Cidades Laguna Dois botos são encontrados sem vida em praias de Laguna

Dois botos são encontrados sem vida em praias de Laguna

1767

O Programa de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, PMP-BS/Udesc, recebeu no último dia 03, dois acionamentos de botos (Tursiops truncatus) no mesmo dia, em praias de Laguna.

O primeiro se encontrava num local de difícil acesso entre a praia do Gravatá e a praia do Sirí e o segundo estava na praia de Itapirubá Sul. Ambos estavam em avançado estado de decomposição, dificultando a determinação da causa da morte.

Segundo Santiago Anguita, do PMP-BS, a carcaça do boto que foi registrado em Itapirubá Sul estava muito decomposta, indicando que o animal estava derivando por vários dias. Já o da praia do Gravatá estava em avançado estado de decomposição, mas conseguiram determinar o sexo (macho) e o estado de desenvolvimento (juvenil). Os veterinários também conseguiram coletar amostras de músculo e gordura.

A equipe veterinária determinou que ambos animais não possuíam marcas evidentes para determinar a causa da morte. No transcurso de 2018 o PMP-BS/Udesc registrou 15 Tursiops truncatus em óbito durante a rotina de monitoramento e via acionamentos.

Foto: PMP-BS/Divulgação

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

Caso encontre algum animal marinho vivo ou morto, entre em contato conosco pelo telefone 0800 642 3341. Sua ajuda é fundamental para salvar vidas.

Comments

comments