Conselho do Turismo discute calendário de eventos em tempos de coronavírus

161

Uma incógnita para carnaval, reveillon, shows e encontros universitários. Para outros eventos como Santo Antônio, Moto Laguna de Inverno, Semana Cultural a não realização nos próximos meses é definitiva.

A pandemia e o calendário de eventos foi o tema da reunião online do Conselho Municipal do Turismo nesta semana. “Estamos temorosos, mas esperançosos”, descreveu o secretário de Turismo Evandro Flora, na mesma tarde que a Secretaria de Saúde anunciava mais dois casos de Covid, totalizando 6 em Laguna, até 16h do último dia 19 de maio. Dezessete pessoas contraíram o vírus na cidade. Destes, 11 já foram curados.

Nos próximos meses, grandes eventos estavam previstos no município que deveriam movimentar juntos, mais de 150 mil pessoas.

Sem contabilizar o carnaval, com a data oficial de 11 a 16 de fevereiro.

O aniversário da cidade, dia 29 de julho, de 334 anos de fundação terá comemoração, mas de uma forma mais virtual. Ideias foram levantadas pelos participantes para celebrar a data. Os apontamentos serão estudados e avaliados pelo poder público.

A tradicional pesca da tainha levantou questionamentos no grupo, devido o número de pessoas nas regiões da captura dos peixes, como Molhes da Barra e Farol de Santa Marta. Ações mais intensivas da Polícia Militar foram solicitadas.

O secretário de Turismo, Evandro Flora, esclareceu sobre a orientação e prevenção ao coronavírus que o Comitê Emergencial da Crise vem realizando e salientou “não temos o poder de polícia, conversamos como as pessoas sobre os perigos do vírus, distribuímos máscaras e disponibilizamos álcool em gel”. A preocupação é não aumentar o número de contágio.

O empresário José Rosênio narrou o a situação atípica que o mundo está vivendo e levantou sugestões para contribuir com as famílias permanecerem em casa.

A presidente da Fundação Lagunense de Cultura, Mirella Honoratto, adiantou que o Museu Casa de Anita terá sua exposição virtual a partir das próximas semanas.

O professor Leandro Leite, que recentemente participou de curso sobre instruções de controle e prevenção da Covid 19, realizado pela Udesc, disponibilizou para o Conselho o protocolo de prevenção. “Este vírus é perigoso. Um evento nas condições que estamos vivendo hoje não seria recomendado”.

O organizador do Universipraia, Victor Amorim, encaminhou para o conselho um ofício “ainda não confirmamos e nem cancelamos. Estamos em um cenário mundial atípico, realmente depende de fatores que não conseguimos controlar”, descreveu.

Também participaram da reunião online: Liliane Lucena (Iphan), Mirella de Jesus Honorato (Fundação Lagunense de Cultura), Irani Pacheco (guia de Turismo) e os demais presentes: Helena Fernandes e Thiago S. Laurindo (ambos do Governo Municipal)

PML

Comments

comments