Amurel: com novo aumento, litro da gasolina pode beirar os R$ 7 na região

1785
#Pracegover Foto: na imagem há uma pessoa, um carro e uma bomba de gasolina

Horas após o anúncio do aumento o preço da gasolina, diesel e gás de cozinha, anunciado pela Petrobras para as distribuidoras nesta quinta-feira (10), motoristas foram aos postos de combustíveis para abastecer os seus veículos. Em diversas cidades de Santa Catarina houve filas para abastecer.

Em Tubarão, por exemplo, maior cidade da Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel), praticamente todos os postos registraram filas durante a noite desta quinta-feira e manhã dessa sexta-feira (11). Alguns postos ainda possuem a gasolina entre R$ 6,13 a R$ 6,20, já outros receberam combustíveis no novo valor na quinta à noite e na sexta pela manhã. Um posto localizado próximo a BR-101, na Cidade Azul ficou mais de 12h sem o produto. A procura por combustíveis foi grande no município. Na região, os preços de gasolina variam entre R$ 6,73 a R$ 6,78.

A Petrobras pontuou que após 57 dias sem reajustes, a companhia passará a operar com o preço de R$ 3,86 por litro, um aumento de 18,8%. Para o diesel, o valor é de R$ 4,51. O preço para o consumidor final é mais alto, devido a encargos e impostos.  O gás de cozinha teve alta de 16,1%, com o quilo passando de R$ 3,86 para R$ 4,48.

O último levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostrou o preço médio da gasolina nos postos do país era de R$ 6,577, já o do diesel R$ 5,603. A magnitude do repasse para o consumidor depende de distribuidores e revendedores.

A estatal justificou a alta dos combustíveis diante do aumento da cotação do barril de petróleo no mercado internacional provocado pelo conflito entre Rússia e Ucrânia – nesta quinta, o valor do barril superou o patamar de US$ 115. No começo da semana, quase tocou os US$ 140.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/lagunainfoco 

Comments

comments