Home Notícias Saúde Amrec registra primeiro caso de Influenza A H3N2

Amrec registra primeiro caso de Influenza A H3N2

3271
Foto: Lucas Colombo / Arquivo / DN

A paciente tem 74 anos e deu entrada no hospital em 26 de abril. Ela foi internada e medicada com Tamiflu.

As baixas temperaturas trazem também a preocupação com a proliferação dos vírus da gripe. Na Região Carbonífera, há o primeiro caso confirmado de Influenza A H3N2 neste ano.

A paciente é uma mulher, de 74 anos, de Nova Veneza, que deu entrada no hospital em 26 de abril. De acordo com o gerente de Saúde da Agência de Desenvolvimento Regional – ADR em Criciúma, Fernando de Fáveri, a idosa não havia tomado a vacina contra a doença.

No início de maio, a paciente passou a ser medicada com o Tamiflu. “Ela está em um quarto isolada, para evitar o risco de contagiar outros pacientes, mas ela passa bem”, explica Fáveri. A família foi orientada a prestar atenção aos sintomas e procurar os médicos caso algum sintoma seja manifestado.

Sinais de alerta

As Influenzas A H1N1, A H3N2 e a Influenza B se manifestam da mesma forma. Coriza, dor no corpo, febre alta e dor de cabeça são alguns dos sintomas que servem como sinal de alerta.

Além da vacinação, manter as mãos sempre limpas, tomar cuidado ao espirrar, e evitar ambientes fechados são alguns procedimentos básicos servem como proteção ao contágio da gripe.

“Com o frio, as pessoas começam a fechar as janelas para se manterem aquecidos, e não deixam o ar circular. É aí que mora o problema”, afirma o gerente.

Com informações do Portal DN Sul

Comments

comments