quinta-feira, julho 19, 2018
Home Entretenimento Curiosidades 7 Coisas que podem acontecer durante a gravidez que são de cair...

7 Coisas que podem acontecer durante a gravidez que são de cair o queixo

11186

Passar por uma gravidez pode ser uma das fases mais bonitas e desejadas na vida de uma mulher. Apesar de ser um pouco complicada, visto que as alterações hormonais fazem com que algumas reações aconteçam, ainda pode ser uma excelente experiência. No entanto, ainda vale lembrar que podem surgir algumas complicações mais graves durante este período.

Existem alguns problemas mais conhecidos envolvendo uma gravidez, mas enquanto isso, também existem aqueles que são mais estranhos aos nossos olhos. Felizmente, grande parte dos casos pode ser tratado medicamente possibilitando que a gestação continue de forma saudável. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo 7 coisas que podem acontecer durante a gravidez que são de cair o queixo. Dá uma olhada!

1 – Enjoo matinal

É normal que durante a gravidez os enjoos sejam um pouco mais frequentes que o normal. No entanto, essa é uma situação que pode se agravar em alguns raros casos. Já ouviu falar da hiperêmese gravídica? Pois bem, trata-se de fortes náuseas e vômitos ocorrentes durante a gestação. É um tipo de enjoo matinal que ainda pode provocar desmaios e tonturas. Nesses casos, é comum que tudo que a mulher tente comer apenas volte, portanto, não consegue se alimentar direito e pode sofrer desidratação. O tratamento é feito apenas com a ajuda de um profissional especializado.

2 – Diabetes gestacional

Pense nisso como algo desenvolvido “especialmente” para seu tempo de gravidez. Ela pode começar a aparecer a partir do terceiro trimestre de gestação, ocasionada pelos hormônios da gestação que provocam certa resistência à insulina em nosso organismo. Os sintomas quase não aparecem, mas podem fazer com que a grávida passe a sentir muita sede e tenha a visão turva. No entanto, também pode fazer com que o bebê tenha mais riscos de desenvolver diabetes futuramente. Por outro lado, assim que o parto acontece, tudo volta ao normal e os níveis de açúcar da mulher se estabilizam.

3 – Mudança de paladar

É comum que durante uma gravidez que o paladar da mulher sofra alterações. Algumas inclusive, mencionam que sentem o gosto de ferro em tudo aquilo que consomem. Agora imagine como é comer por dois, durante nove meses, sentindo sempre aquele gosto “maravilhoso” de ferro… Para tentar evitar isso, é possível incluir alguns cítricos na dieta, mas claro, apenas se o organismo permitir.

4 – Amniocentese

Imagine uma agulha perfurando sua barriga com o bebê lá dentro… Bem, é isso que acontece durante a amniocentese. Pode ser que durante a gravidez seja preciso fazer alguma análise do líquido amniótico para detectar se o bebê corre riscos de sofrer com alguma doença ou mutação. Dessa forma, com a ajuda de um aparelho de ultrassom, uma agulha é introduzida no abdome da mãe, enquanto há o acompanhamento para não correr risco de chegar ao bebê e machucá-lo. Assim, cerca de 20 ml do líquido é retirado e submetido a alguns testes.

5 – Descolamento de placenta

A placenta é responsável por aconchegar o bebê dentro do útero da mãe, sem contar que também lhe fornece os nutrientes necessários para sobrevivência, dentre tantos outros aspectos benignos. Bem, um problema grave pode surgir a partir do momento em que uma gravidez passa pelo descolamento de placenta.

Ela acaba se separando do útero parcialmente ou totalmente, antes mesmo de o bebê nascer. Tal situação pode fazer com que ele não receba mais os nutrientes e oxigênio que precisa, fazendo com que a gravidez passe a ser considerada de risco. É algo completamente perigoso tanto para mãe, quanto para o filho.

6 – Cocô dentro do útero?

Já pensou para onde vai o cocô do bebê enquanto ele ainda está dentro do útero da mãe? Normalmente, ele espera os nove meses antes de eliminar seu mecônio (primeiras fezes), mas em alguns casos ele pode simplesmente liberar ainda no líquido amniótico, devido a estresse ou mesmo quando tem dificuldades de respiração. Quando isso acontece pode surgir a chamada Síndrome de Aspiração do Mecônio. Assim, é possível que o bebê comece a respirar as próprias fezes, o que pode ocasionar em dificuldades respiratórias ainda mais graves. Embora sobrevivam em grande parte dos casos, ainda é algo que pode ser fatal.

7 – Episiotomia

Já ouviu falar disso? Bem, embora seja um processo cirúrgico, ainda pode parecer algo bastante desconfortável só de falar. Trata-se de um corte feito no períneo, aquela região entre o ânus e a vagina, tudo na intenção de facilitar a passagem do bebê. É feito para evitar rasgos e ainda assim, possui uma cicatrização rápida. Embora algumas grávidas peçam para que não sejam submetidas a tal processo, as vezes é algo inevitável…

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Via   The Richest  
Imagens Sorrisologia Boa Vida Online AntesDepois Pexels Life Site Mom Baby

 

Comments

comments